MINI-GUIA DE VIAGEM DE BOMBINHAS

BREVE HISTÓRIA

Os primeiros habitantes de Bombinhas foram os índios Carijós e por isso a cidade possui alguns sítios arqueológicos que guardam um pouco da história de povos pré-históricos. Em razão das escavações feitas sem qualquer controle e em ordem da especulação imobiliária, muito desse patrimônio histórico e arqueológico se esvaiu.

Poucos anos após o descobrimento do Brasil pelos portugueses, chegaram a Santa Catarina os primeiros espanhóis, que atracaram na enseada dos Zimbros a mando do Rei da Espanha. Para comprovar que realmente haviam descoberto um novo lugar, enviaram alguns nativos para Europa. Grande parte da tripulação optou por ficar na colônia para tentar uma nova vida e assim os imigrantes foram se espalharam pelo litoral catarinense.

Foto pessoa andando de bicicleta na praia de mariscal em Bombinhas – Foto de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

O governo português quis preservar o seu domínio sobre a colônia e tratou logo de mandar uma expedição para essas terras, que aportou região de Porto Belo em 1711. Assim garantiam o monopólio e ainda extraiam as riquezas da área. Problemas de ordem natural e econômica fizeram com que o Rei D. João V, de Portugal, apressasse a colonização tanto no litoral quanto no interior do país.

Nos anos 1950 a beleza paradisíaca, bem como a abundância e variedade de peixes atraíram a atenção de turistas e pescadores de todo o estado de Santa Catarina. O primeiro turista foi Leopoldo Zarling, que dá nome a uma das principais avenidas da cidade. Duas décadas depois houve um aumento populacional considerável e os moradores aspiravam por emancipação.

Foi em 1992 que Bombinhas de tornou um município independente através de um plesbicito que contou com 1454 votos a favor e apenas 75 votos contra o desmembramento da cidade de Porto Belo.

 

QUANDO IR

A cidade está inserida em uma zona de clima subtropical úmido, com temperatura média de 20°C. Fevereiro tende a ser o mês mais chuvoso e junho o mês mais seco. Estando em uma faixa de transição entre os climas tropicais e subtropical, recebe ventos do nordeste e sul.

Turistas chegam a Bombinhas durante todo o ano e em todas as épocas existem motivos especiais para a visita. No verão os dias e sol e a temperatura mais alta convidam a banhos nas praias paradisíacas, lagoas e cachoeiras. Além disso, festas e shows são mais frequentes e promovem noites inesquecíveis.

No inverno, por sua vez, os preços das diárias nas hospedagens estão mais baixos, todavia, alguns bares e restaurantes permanecem fechados. O privilégio dos visitantes durante a baixa temporada é poder participar de dois eventos gastronômicos deliciosos: a Pesca Artesanal da Tainha e a Semana Internacional de Gastronomia. O primeiro acontece entre maio e julho, enquanto o outro é realizado no segundo semestre, com a participação de chefs prestigiados de todo o Brasil.

 

COMO CHEGAR

De barco

Existem a possibilidade de chegar a Bombinhas através do mar, em cruzeiros que desembarcam no porto de Itajaí e Porto Belo.

De avião

É possível pegar um voo até Florianópolis ou Navegantes, que ficam a 70 e 60 quilômetros de distância de Bombinhas, respectivamente. Os voos partem de várias cidades do Brasil e são operados por diversas linhas aéreas.

De ônibus

Diversas empresas de transporte com linhas intermunicipais e interestaduais conectam Bombinhas ao resto do país. Existem ônibus saindo todos os dias em horários alternados, principalmente pela Itapemirim, Pluma e Catarinense.

De carro

Para chegar a Bombinhas de carro basta seguir pela BR 101 até o km 155, no viaduto para Porto Belo e Bombinhas. A partir de então é preciso continuar pela Rodovia SC 412, passando pelo município de Porto Belo. Da BR 101 até Bombinhas são 14 km de puro encantamento, especialmente na descida do Morro de Bombas, de onde se tem uma visão panorâmica do mar.

É importante saber que durante a alta temporada – entre 15 de novembro e 15 de abril – é cobrada uma taxa de Preservação Ambiental para todos os automóveis que entram na cidade.

 

– Cálculos de distâncias

Balneário Camboriú – 30 km

Florianópolis – 60 km

Curitiba – 260 km

Porto Alegre – 563 km

São Paulo – 650 km

Rio de Janeiro – 1100 km

Brasília – 1510 km

Parque Beto Carrero World – 60 km

 

PRAIAS

Bombinhas é uma cidade abençoada pela Mãe Natureza, banhada por águas cálidas e cristalinas que se distribuem por 39 praias com características muito diferentes entre si. Entre elas, 19 ainda são praias selvagens, 10 permanecem pouco exploradas, 10 urbanizadas. Enquanto algumas têm ondas fortes, outras têm águas calmas. Cada uma delas tem sua particularidade, mas todas são cercadas de muita beleza e riquezas naturais.

Fotos das praias paradisíacas de Bombinhas – Foto de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Fotos das praias paradisíacas de Bombinhas – Foto de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

 

4 Ilhas/ Praia de Fora

Conhecida entre os habitantes mais antigos como “Praia de Fora” pelo fato de estar em mar aberto. O nome “Quatro Ilhas” é mais recente e surgiu pelo fato de ser possível avistar as ilhas do Macuco, Galés, Deserta e Arvoredo direto da praia, sendo que as três últimas compõem a Reserva Biológica Marinha do Arvoredo.

Esta praia, que tem 1 quilômetro de extensão, também ficou conhecida por causa da cruz que foi fincada em suas areias. Conta a lenda que dois pescadores encontraram o artigo sagrado à beira-mar e resolveram fixá-la ali, no mesmo lugar onde foi encontrada. No mesmo dia, lançaram a rede de pesca e pegaram uma quantidade enorme de tainhas. Desde então, a cruz permaneceu ali e posteriormente foi trocada por uma de concreto, uma vez que a de madeira estava se deteriorando devido à exposição ao sol e a chuva.

Esta praia preservada por restinga possui excelentes ondas para a prática de surf.

Turistas tomando um sol na praia de quatro ilhas em Bombinhas – Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Turistas tomando um sol na praia de quatro ilhas em Bombinhas – Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

> Fotos da praia de quatro ilhas

 

Aguada

É uma praia bem pequena que fica em meio ao Costão na qual se pode chegar por meio de barco saindo do Canto Grande ou através de caminhada, seguindo a trilha da Tainha. O lugar recebeu esse nome porque era onde os pescadores lavavam os seus barcos.

Atalaia

Pequena praia situada entre as Quatro Ilhas e o Mariscal, que é de onde sai a trilha de acesso a esse local. É uma praia sossegada, mas que tende a receber alto número de turistas durante o verão, principalmente de surfistas em busca de mar agitado e boas ondas. Possui uma larga faixa de areia dourada, cercada de vegetação. É aconselhável levar o que comer, mas sem se esquecer de levar consigo o lixo produzido.

Nascer do sol na praia do atalaia em Bombinhas – Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Nascer do sol na praia do atalaia em Bombinhas – Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

 

Basílio

Praia deserta que pertence à Costeira de Zimbros, Área de Relevante Interesse Ecológico, uma unidade de conservação de uso sustentável.

Bombas

Seu nome foi escolhido pelo barulho produzido pelo bater das ondas nas pedras. Apesar disso, é uma praia bem calma, com águas cristalinas. Somente perto do lado esquerdo do Costão é possível surfar.

Reduto de pescadores, com vários ranchos de pesca que guardam as antigas canoas-de-um-pau-só, que até hoje são usadas na temporada de pesca da tainha, nos meses de maio, junho e julho.

Possui 2 quilômetros de extensão e tem ótima infraestrutura, com restaurantes, bares, hospedagens e comércio.

Foto de pessoas na praia linda de bombas em Bombinhas – Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Foto de pessoas na praia linda de bombas em Bombinhas – Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

> Fotos da praia de bombas

 

Você lendo o artigo Mini-Guia de viagem de Bombinhas. Se você gostou das dicas, compartilhe no seu Facebook, ou tuíte, e convide os amigos para conhecer esse destino maravilhoso!

Compartilhe no FacebookCompartilhe no Twitter

 

Bombinhas

É a praia que deu nome à cidade e onde se encontra a maior concentração hoteleira e gastronômica. O som das “bombinhas” nada mais é que os cristais de areia sob os pés, fazendo um barulho semelhante ao de estalinhos.

Sua extensão é de 1,3 quilômetros de areia branca, com mar sereno de ondas baixas, ideal para as crianças e para a prática de stand up paddle. Em Bombinhas se encontram também as maiores operadoras de mergulho, bem como escolas para quem quer aprender ou aprimorar essa modalidade esportiva.

Em março, mês de aniversário da cidade, pescadores de todo o Brasil chegam para a tradicional Corrida de Canoas-de-um-pau-só. É um evento simplesmente imperdível.

Foto pesca da tainha na praia de bombinhas – Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Foto pesca da tainha na praia de bombinhas – Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

> Fotos da praia de bombinhas

Buraco Quadrado

Com apenas 26 metros de extensão, essa é uma das menores praias de Bombinhas. É um buraco de mar entre as rochas do costão esquerdo da Praia da Tainha. O acesso é restrito e só pode ser feito a barco, sendo uma ótima opção para aqueles que buscam praias desertas.

Caeté

Estreita faixa de areia em meio as rochas. Só se consegue chegar até lá através da trilha que parte de Mariscal ou Quatro Ilhas.

Cação

Tem apenas 64 metros de extensão e está rodeada pela Mata Atlântica, que forma um cenário paradisíaco junto ao mar calmo de águas transparentes. O acesso é feito por trilha que sai da Praia da Tainha ou por barco de pescadores, que contam que a origem do nome do local se deu pela facilidade em pescar o peixe cação naquelas águas tempos atrás.

Cachalote

Uma prainha com águas muito límpidas que recebeu este nome dos pescadores que encontraram uma baleia cachalote encalhada e resolveram enterrarem-na por ali mesmo. O cheiro forte exalado pela decomposição do animal afastou os moradores, que durante um longo período parou de frequentar o lugar. Hoje é procurada por aqueles que querem tranquilidade e sossego. É possível chegar lá por uma trilha que parte da Praia da Sepultura.

Canto Grande

É dividida em duas praias, sendo uma delas o Mar de Dentro, que fica na Baía de Zimbro e é banhada por águas bem tranquilas, ideais para a prática de esportes náuticos e extremamente seguras para crianças. A calmaria do mar favorece a pesca, que ali é feita aos moldes tradicionais trazidos pelos imigrantes açorianos. O Mar de Fora, por sua vez, tem ondas agitadas, adequadas para o surf. Ao todo são 3,4 quilômetros de extensão que atendem a todos os gostos.

Pôr do sol na praia de canto grande em Bombinhas – Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Pôr do sol na praia de canto grande em Bombinhas – Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

> Fotos da praia de canto grande

Cardoso

Praia deserta de águas calmas com 130 metros de extensão que pertence à Costeira de Zimbros. É uma unidade de conservação de uso sustentável, cujo acesso pode ser feito por trilha ou por passeio de barco arranjado pelos próprios pescadores.

Casqueiro

Praia deserta de 35 metros de extensão. O acesso é feito através de barco, que pode ser feito pelos próprios pescadores da região.

Conceição

Tem apenas 453 metros de extensão e é bem protegida dos ventos por estar cercada de morros. Suas areias possuem grandes concentrações de minerais pesados e têm propriedades terapêuticas, sendo comumente empregadas em tratamento de inflamações e artrites por favorecerem o fluxo sanguíneo.

A formação de piscinas naturais perto do costão certamente é um atrativo para os visitantes, principalmente para famílias com crianças pequenas ou pessoas com dificuldades para nadar.

Foto turistas tomando um sol na praia da conceição em Bombinhas – Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Foto turistas tomando um sol na praia da conceição em Bombinhas – Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

> Fotos da praia da conceição

D’avó

É um lugar muito tranquilo e perfeito para quem procura por uma praia sossegada. Durante a maior parte do ano o acesso é feito exclusivamente por barcos, mas em dias de maré baixa, é possível caminhar a partir do Canto Grande com água na altura da cintura.

Lagoinha / Embrulho / Miséria

São três praias pequenas situadas no costão direito da Praia de Bombinhas. A praia da Lagoinha proporciona mergulhos e flutuações memoráveis, já que os peixes podem ser vistos até mesmo na parte rasa. Nessa região existe uma oficina lítica, lugar onde os povos pré-históricos afiavam suas ferramentas.

A Praia do Embrulho, por sua vez, está localizada ao lado da Lagoinha e é de onde se pode ver as embarcações na Baía de Bombas. Tem águas tranquilas e é ótima para um dia de sossego.

Já a praia da Miséria é uma curta extensão de areia que pode ser vista nos dias de maré baixa em meio ao costão que leva à Ponta da Sepultura.

Foto piscinas naturais da praia da lagoinha em Bombinhas – Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Foto piscinas naturais da praia da lagoinha em Bombinhas – Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

> Fotos da praia da lagoinha

Galheta

É a praia mais isolada de Bombinhas e o acesso a ela só é possível por barco ou caminhando em uma trilha cujo percurso leva aproximadamente 1 hora para ser concluído. Possui 105 metros de extensão com muita beleza natural, cercada de Mata Atlântica. Faz parte do Parque Municipal da Galheta e pode ser avistada da Praia de Bombas.

Lagoa

Outra praia da Costeira de Zimbros. Tem 300 metros de extensão e é onde se encontra a represa responsável pelo abastecimento de água do município. Está em uma área de conservação que permanece praticamente intacta.

Lau / Hermínio

Também pertencente à Costeira de Zimbros, praticamente deserta e inexplorada por estar em território de proteção ambiental e uso sustentável. Para chegar lá é preciso fazer uma travessia de barco.

Mariscal

Também é uma praia bem pequena, com apenas 205 metros de extensão. Seu nome foi escolhido em razão da grande quantidade de mariscos em seus costões. É uma praia digna de locação de cinema, pois apresenta águas cristalinas e areia bem branca devido à concentração de cristais de quartzo. A vegetação de restinga ajuda a compor uma bela paisagem.

Este é um lugar apropriado para quem procura tranquilidade, pois fica distante das ruas comerciais. O que leva visitantes a Mariscal são suas ondas de médio porte que se formam no mar, chamariz de surfistas e pescadores que encontram ali grande de variedades de peixes e moluscos.

Foto kitesurf na praia de mariscal em Bombinhas – Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Foto kitesurf na praia de mariscal em Bombinhas – Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

> Fotos da praia de Mariscal

Mauri

Praia de 25 metros de extensão ainda inexplorada e rodeada pela natureza selvagem. Faz parte da Costeira de Zimbros e é uma área de pesquisa e conservação. Assim como as demais praias da Costeira, o acesso é feito por barco ou trilhas.

Morrinhos / Cantinho

Mar calmo, perfeito para a prática de esportes náuticos. Ao final de cada dia, presenteia os visitantes com um magnífico por do sol, colorido de laranja, roxo e azul, como nunca se viu em outro lugar. É urbanizada e possui quiosques, bares, restaurantes e algumas hospedagens.

A praia de Morrinhos divide suas areias com as vizinhas praias de Zimbro e do Cantinho. Tem 1,4 quilômetro de extensão e recebe grande número de embarcações em razão da presença de pescadores e agricultores.

Pasto

É a menor praia da cidade, com apenas 20 metros de extensão. O acesso só é feito através de barco, em um passeio que pode ser combinado com os próprios pescadores. Aproveite o passeio para contemplar a natureza.

Porto do Macuco

É uma praia de 545 metros de extensão cujo acesso só se dá através de barco, saindo da Praia do Canto Grande. Também é pouco frequentada e perfeita para quem busca tranquilidade.

Retiro dos Padres / Ingleses

O Retiros dos Padres possui águas límpidas e é cercada pela Mata Atlântica, com beleza quase selvagem. É também chamada por Praia dos Ingleses devido a um episódio ocorrido no século XIX, quando um navio se escangalhou no local e atraiu diversos curiosos, que se deslocaram para observar o navio e a tripulação, pois nunca haviam visto um inglês de verdade de perto.

No ano de 1967, a praia foi comprada pelos padres salesianos de Itajaí, onde ergueram uma casa para retiros espirituais, razão do novo nome dado ao local.

Foto da orla da praia do retiro dos padres em Bombinhas – Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Foto da orla da praia do retiro dos padres em Bombinhas – Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

> Fotos da praia do retiro dos padres

Ribeiro

É uma pequena praia selvagem com somente 120 metros de extensão. Está localizada entre as praias de Bombas e Bombinhas, que dão acesso a esta praia por meio de trilhas. Rodeada pela mata virgem e com águas muito tranquilas, faz um convite irrecusável para um mergulho ou banho de mar. Em determinadas épocas do ano se pode ver tartarugas nadando próximo ao costão.

Piscinas naturais da praia do ribeiro em Bombinhas – Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Piscinas naturais da praia do ribeiro em Bombinhas – Fotos de Marcelo Fernandes

> Fotos da praia do ribeiro

Sepultura

Outra praia bem pequena, com apenas 95 metros de extensão. É excelente para mergulho, pois a água é cristalina e o mar praticamente sem ondas.

Antigamente se chamava Praia da Baixada por conta de suas características, mas mudou de nome depois de 1840, quando o Major José da Silva Mafra ordenou que fossem erguidas duas taipas, com o intuito de isolar uma criação de suínos, o que gerou uma briga violenta entre escravos, na qual um deles acabou morrendo e teria sido enterrado ali mesmo. A suposta sepultura deu nome à praia.

Foto praia da sepultura com mar esverdeado – Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Foto praia da sepultura com mar esverdeado – Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

> Fotos da praia da sepultura

Tainha

É um recanto de 200 metros em meio à Mata Atlântica com beleza surpreendente. Como o próprio nome sugere, é o local apropriado para pescar a tainha durante os meses de inverno. A chegada ao local é possível através de uma estrada de terra que sai da Praia da Conceição, o que dificulta o acesso em dias de chuva. Existem diversas trilhas que partem desta praia e levam a outras menos frequentadas e, por isso, mais sossegadas.

Foto da praia da tainha em Bombinhas – Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Foto da praia da tainha em Bombinhas – Fotos de Marcelo Fernandes

> Fotos praia da tainha

Triste

É uma praia deserta com larga faixa de areia a qual se chega apenas por meio de barco ou pela trilha que se inicia na Praia de Zimbros. Seu nome não se deve ao fato de ser isolada, mas sim por ser o local onde os navios negreiros separavam as famílias de escravos. Nos arredores da Praia Triste ainda existe sambaquis, que são morros formados pelo acúmulo de conchas, cascas de ostras e até ossadas humanas descartadas por habitantes pré-históricos.

Vermelha

Praia deserta de 620 metros de extensão à qual se chega de barco ou caminhando em torno de 2 horas por trilhas bem sinalizadas, matas e pelas praias do Cardoso, Lagoa e Triste. Exige certo preparo físico, mas o visual é recompensa quaisquer esforços. É uma excelente pedida para quem gosta de aventuras, mas estar acompanhado por um guia ou alguém que conheça a área pode facilitar a empreitada. Caminhando pela praia é possível chegar até as cachoeiras vizinhas.

Zimbros

Esta foi a primeira praia avistada pelos imigrantes portugueses na península. O nome foi escolhido por causa da grande quantidade de zimbros que encontraram ali. Esta é uma plana da família Pináceas, um arbusto cujos frutos são aromáticos e medicinais. Além disso, dela se produz uma bebida alcoólica denominada Genebra.

Suas águas tranquilas são propícias à prática de esportes náuticos, tais como windsurf, kitesurf, caiaque, remo e canoagem. A pesca é outra atividade importante do local, onde são cultivados ostras e mariscos. Na extremidade direita da praia se localiza a Área de Relevante Interesse Ecológico da Costeira de Zimbros, que protege importantes espécies da fauna e da flora da Mata Atlântica e abrange dez praias selvagens, dentre elas estão a do Cardoso, Lagoa, Triste e Vermelha.

Barquinho de pescador e o mar tranquilo da praia de zimbros em Bombinhas – Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Barquinho de pescador e o mar tranquilo da praia de zimbros em Bombinhas – Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

> Fotos da praia de zimbros

 

ATRATIVOS NATURAIS

Reserva Biológica Marinha do Arvoredo

A Reserva Biológica Marinha do Arvoredo foi fundada em 1990 e representa um importante centro de pesquisas da flora e da fauna marinhas. Está situada a 7 quilômetros de Bombinhas e abrange as Ilhas do Arvoredo, Galé, Deserta e o Calhau de São Pedro. Neste espaço não é permitida qualquer atividade que possa alterar a composição desse bioma, isto quer dizer que neste espaço é proibido pescar, caçar, introduzir ou retirar qualquer espécie que não pertença aquele meio.

É um lugar bastante requisitado pelos mergulhadores dada a biodiversidade marinha proporcionada pela convergência subtropical das correntes quentes do Brasil e frias das Maldivas.  Os navios naufragados naquelas águas tornam o lugar ainda mais atrativo.

Imagem mergulho com tartarugas na ilha do arvoredo – Foto de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Imagem mergulho com tartarugas na ilha do arvoredo – Foto de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Tocas do Cabo

Existem em Bombinhas dois abrigos naturais de formação rochosa que foram batizados de “Toca do Cabo”. Um deles está localizado no canto direito da Praia de Quatro Ilhas e o outro está na Praia da Sepultura. Os moradores mais antigos contam que um cabo do exército que participou da Guerra do Paraguai se escondeu nesses dois lugares durante anos e anos.

Gruta do Monge

Conta a lenda que na Ilha do Arvoredo apareceu um senhor vestindo trajes modestos e escuros, o qual a população acreditava se tratar de um monge. Este senhor se instalou em uma gruta da ilha e viveu por lá durante muitos anos, até que um dia sumiu sem deixar rastros. Os moradores ficaram perplexos, alguns achando que o homem fosse um santo e outros pensando que se tratava de um bruxo.

 

ILHAS

As ilhas Galés, Deserta e Calhau de São Pedro formam a Reserva do Arvoredo, com 80% de sua área total coberta por Mata Atlântica que abriga a fauna peculiar a esse ecossistema, composta basicamente de pequenos mamíferos, como gambás e morcegos, aves e répteis. O passeio a essas ilhas leva pouco mais de 1 hora e é altamente recomendável procurar um profissional experiente, pois em alguns pontos as correntes marítimas são muito fortes. Não é possível desembarcar nas ilhas, apenas circundá-las.

Galé

Recebe este nome porque tem o formato vagamente semelhante ao casco de um navio romano, que é denominado “galé”. Esta ilha apresenta vegetação de médio porte e corais com profundidade variando entre 10 e 20 metros. Foi ali que em 1957 naufragou o navio cargueiro Lily, que transportava louças, perfumes, chapas de aço, pneus, entre outros artigos.

Deserta

É mais afastada da costa e se distingue das demais por ser um lugar desabrigado, com superfície cinzenta e com vegetação escassa, características que juntas deram nome ao lugar. O local é de suma importância por ser o escolhido pelas aves marinhas para a reprodução. Nessa área é possível encontrar atobás, gaivotões e trinta réis.

Calhau de São Pedro

A ilha não é habitada por nenhuma família ou grupo de pessoas e é um local de acesso muito difícil até mesmo para pescadores e profissionais experientes, devido às fortes correntes marítimas.

Ilha do Macuco

O macuco é um pássaro que existia em grande número na Mata Atlântica e em tupi-guarani quer dizer “coisa que come muito”. É uma área bastante frequentada por pescadores e mergulhadores por causa de sua riqueza natural.

Foi ali que em 1912 naufragou o navio cargueiro Orion, que transportava cerâmicas e azulejos.

A ilha pertence ao Parque Municipal do Morro do Macaco e para chegar lá é necessário pegar um barco. Possui uma trilha ecológica e o passeio é conduzido por pescadores que dominam o lugar como a palma da mão. Existe um trabalho de conscientização e educação ambiental.

 

TRILHAS

Sabe-se que em tempos passados os estreitos caminhos em meio a mata eram usadas como única forma de acesso de um lugar a outro, fosse através de veículos de tração animal ou caminhando.  As estradas e meios de transportes evoluíram e ainda assim há quem prefira andar por trilhas cercadas pela natureza para respirar ar fresco, se exercitar e poder contemplar as maravilhas naturais. Em Bombinhas as trilhas ecológicas são bastante frequentadas pelos visitantes, que por algumas horas deixam outros meios de transporte de lado para viver uma experiência mais saudável. Conheça as opções da cidade e não se esqueça do par de tênis, óculos, chapéu ou viseira, protetor solar e bastante água.

Trilha da Santinha

Possui um caminho linear e muito tranquilo, permitindo um agradável passeio em meio a mata virgem. Está inserida em um dos mais importantes corredores ecológicos do Sul do Brasil. Leva esse nome porque bem no início da estradinha há uma pequena capela dedicada à Nossa Senhora das Brota, protetora das nascentes.

A duração da caminhada é de aproximadamente 1 hora de pura contemplação das praias de Mariscal e Canto Grande.

Trilha da Tainha

Apresenta trajeto reto, sem grandes dificuldades. Esta trilha foi criada pelos moradores do Canto Grande quando começaram a frequentar a Praia da Tainha e é ideal para quem está começando ou não tem muito preparo físico. O caminho é o mesmo para ida e retorno, o que significa poder contemplar duas vezes a vegetação da Mata Atlântica e as belas praias do entorno.

O percurso leva de 3 a 5 horas para ser concluído e não exige grandes esforços físicos.

Trilha do Morro do Macaco

Também com caminho linear, apresenta uma vista estupenda em 360°. É sem dúvidas a trilha mais frequentada pelos turistas não só pela facilidade em percorrê-la, mas também pela privilegiada vista que oferece do arquipélago do Arvoredo e das enseadas de Mariscal e Zimbros.

Há quem diga que o lugar recebeu esse nome porque tempos atrás existiam macacos no local, outros afirmam que as queimadas sazonais para o cultivo de mandioca e cana de açúcar davam ao morro um aspecto amarronzado, parecido com o do macaco.

O tempo estimado para a conclusão do percurso é de 2 horas com dificuldade moderada.

Trilha da Galheta – Bombas

Por ter o percurso circular, permite voltar ao ponto de saída sem ter de obrigatoriamente passar pelo mesmo lugar. Na entrada da trilha existe uma gruta que os habitantes da região chamam de “Oratório”. Contam que por ali estava escondido um tesouro e que as almas dos piratas permaneciam ali para vigiá-lo, explicando que feixes iluminados saíam daquele lugar.

A caminhada dura entre 3 e 5 horas e tem dificuldade mediana, necessitando algum preparo físico.

Trilha da Costeira de Zimbros

Esta trilha é diferente das demais porque apresenta diversos trajetos, podendo ser circular ou linear. Os caminhos perpassam diversas praias cinematográficas, cachoeiras refrescantes e outros locais belíssimos com flora altamente diversificada, com ecossistemas típicos da Mata Atlântica, como os manguezais e as restingas. Passando pela Praia da Lagoa é possível ver ruínas do que foram casas construídas com óleo de baleia e argamassa, da época em que ainda não existia cimento.

Existe a possibilidade de a trilha se estender até o município de Porto Belo ou manter-se apenas em Bombinhas, retornando pelo mesmo caminho. Se o cansaço aparecer, é possível voltar de barco com os pescadores da praia de Ponta Grande.

Por apresentar várias possibilidades de caminhos, completar o trajeto pode levar entre 4 e 7 horas, exigindo preparo físico para longas caminhadas em locais de pedras e alto declive.

 

ATIVIDADES NÁUTICAS E ESPORTES RADICAIS

Passeios de barco

As águas cristalinas das praias de Bombinhas são convidativas a passeios de barcos, caiaques, veleiros ou lanchas. Ir até à Ilha de Porto Belo pode ser uma boa pedida para tomar um banho de mar, mergulhar ou caminhas pelas trilhas do local. Outro ótimo lugar para seguir de barco é a Reserva Biológica Marinha do Arvoredo, onde se pode praticar mergulho ou flutuação com snorkel.

Passeio de barco de Porto Belo até Bombinhas – Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Passeio de barco de Porto Belo até Bombinhas – Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Pesca

Dada a convergência das correntes frias vindas das Malvinas e as cálidas do Brasil, a biodiversidade marinha da região é riquíssima, fazendo da pesca o meio de sobrevivência de muitas famílias e o lazer de muitos visitantes. No mar de Bombinhas é possível encontrar espécies nobres de peixes, como o badejo, meros e garoupas. Nas praias de Quatro Ilhas, Mariscal e Bombas, especificamente, é feita a pesca de arremesso na qual são capturados peixes como pampos e corvinas papa-terras. Outra experiência memorável é pescar à noite nos costões ou no mar aberto. Durante os meses de maio e setembro é possível pescar – e travar uma luta com – miraguaias de até 20kg. Tainha, linguado, anchova e sardinha são outros peixes saborosos encontrados na região.

Pesca da tainha em Bombinhas – Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Pesca da tainha em Bombinhas – Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Esportes náuticos

A tranquilidade das águas das praias do Canto Grande, Zimbros e Bombinhas, possibilita a prática de diversas modalidades de esportes náuticos, entre eles o iatismo, caiaque, windsurfe, jet-ski e a divertida banana boat. Durante a alta temporada é possível alugar equipamentos por algumas horas.

Passeio de caiaque na praia de canto grande em Bombinhas – Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Passeio de caiaque na praia de canto grande em Bombinhas – Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Mergulho

Em razão da biodiversidade marinha, Bombinhas ganhou o título de Capital do Mergulho Ecológico. Existem na cidade diversas escolas de mergulho credenciadas por entidades internacionais que oferecem desde batismos para iniciantes até cursos avançados e mergulhos noturnos.

A flutuação com snorkel é prática constante no canto direito da praia de Bombas, bem como na praia de Bombinhas. Nadar junto aos peixes e demais espécies marinhas dessa região é uma experiência única e inesquecível.

As praias da Lagoinha, Embrulho e Biguá são as mais indicadas para iniciantes, pois o mar calmo não requer muita habilidade e pode ser feito apenas com máscara e pé-de-pato. A das Quatro Ilhas também é aconselhada para quem está começando. Além do mar calmo, a visibilidade é excelente para mergulhos de um a três metros de profundidade, em que é possível avistar ouriços do mar, estrelas, peixes e cavalos marinhos.

O ponto mais cobiçado entre os mergulhadores, no entanto, são as Ilhas da Reserva Biológica do Arvoredo, a 7km do continente. Isso se deve pela beleza exuberante do lugar, de vasta heterogeneidade biológica e também pela possibilidade de ver de perto as embarcações que naufragaram naquela área.

Durante todo o ano é possível comprar e alugar roupas e materiais de mergulho em uma das inúmeras lojas especializadas em Bombinhas.

Mergulho na praia da lagoinha em Bombinhas – Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Mergulho na praia da lagoinha em Bombinhas – Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Surf

As fortes ondas de águas límpidas cercadas pela vegetação exuberante atraem surfistas para as praias de Bombas, Quatro Ilhas e do Mariscal, onde também existem escolinhas de surf com instrutores altamente capacitados. A cidade eventualmente sedia campeonatos estaduais dessa modalidade.

Surf na praia de mariscal em Bombinhas – Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Surf na praia de mariscal em Bombinhas – Fotos de Ricardo Junior / www.ricardojuniorfotografias.com.br

Parasailing

Voar de parasail entre o céu e o mar de Bombinhas pode ser uma das experiências mais incríveis da vida de uma pessoa. Uma lancha projetada especialmente para a prática desse esporte faz o reboque, enquanto o que lhe cabe é apenas sentir o vento no rosto e apreciar as praias cinematográficas de Bombas e Bombinhas.

Voo Livre

No Parque Municipal do Morro do Macaco existe uma rampa para saltos de asa delta e parapente a uma altura de 153 metros. Lá de cima é possível admirar o belo visual ornado pelo verde das matas, o colorido das flores e o azul do mar.

Escalada e Rapel

O Parque Municipal do Morro do Macaco possibilita tais modalidades graças ao seu paredão natural de aproximadamente 40 metros de altura. No local é necessário fazer um treinamento com instrutores especializados para garantir a segurança do participante. A visão da Baía de Zimbros durante o percurso é espetacular.

Trekking e Mountain Bike

Bombinhas é o destino perfeito para quem se aventurar em meio à natureza. Existe uma infinidade de trilhas em morros, costões e à beira-mar. Não deixe de ir ao Mirante Eco 360, com uma vista estonteante de toda a península.

 

TURISMO RELIGIOSO

Capela Imaculada Conceição

Rua Cherne s/nº – Centro

A pequena igrejinha foi construída na década de 1920 em mutirão de fiéis e moradores do local, tendo sido inaugurada em 1928. Poucos anos depois o templo foi atingido por um raio e ficou parcialmente destruído. Mais uma vez os habitantes se reuniram e no início dos anos 1930 ela foi reformada, mas gerou uma cisma em meio a população.

No final da década de 1960 a capela foi novamente atingida por raios que causaram um estrago ainda maior que o primeiro. Começaram a especular que o local era mal-assombrado e deixaram-no abandonado.

Durante décadas ninguém pôs os pés ali e aos poucos a capela foi se deteriorando, tendo ficado em ruínas até quase desaparecer da paisagem. A destruição se agravou porque alguns acreditavam que havia ouro no terreno onde ela foi edificada. Na verdade, os raios eram atraídos possivelmente pela cruz, que era feita de ferro.

Somente no início dos anos 2000, graças a uma iniciativa privada ela começou a ser reconstruída. Foram necessárias muitas pesquisas e levantamentos históricos a partir de fotos, documentos e relatos para tentar se aproximar o mais perto possível das características originais da capelinha.

Em 2005, ela foi reaberta para visitação gratuita. Independentemente de qualquer crença, a visita é válida pela vista encantadora da Baía de Bombinhas. A Capela foi erguida bem no alto da montanha, entre as praias de Bomba e Bombinha, lugar perfeito para tirar belas fotos do pôr-do-sol.

ARTE E CULTURA

Casa de Cultura Piana do Crivo

Rua Primavera, 28 – esquina com a Av. Girassol – Morrinhos

(47) 3393.3706 / 3369.2690

cultura@bombinhas.sc.gov.br

 

É a sede da Fundação Municipal de Cultura, local que abriga a Biblioteca Pública Municipal Cruz e Sousa, o Cineclube Pescadores em Rede, o Polo Autossustentável “Produtos Daqui” e as oficinas culturais da comunidade.

Instituto Kat Schürmann

Av. Vereador Manoel José dos Santos, s/ n – Centro

(47) 3393-7112

www.schurmann.com.br/instituto

iks@schurmann.com.br

 

Uma organização sem fins lucrativos que tem um rico programa de educação ambiental marinha. A entidade conta com uma área de 17.000 m² em meio à Mata Atlântica que conta com auditório, espaço para exposições, laboratório, estação de tratamento de esgoto própria e trilha ecológica.

Ali é possível observar fotos, objetos e relados das viagens da família Schürmann, como também participar de variadas atividades interativas a fim de entender melhor o ecossistema marítimo e as diversas formas de vida na Mata Atlântica.

É necessário agendar as visitas ao Instituto antecipadamente.

Museu Comunitário Engenho do Sertão

Rua Abacate, 452 – Sertãozinho

(47) 3393-3099

www.institutoboimamao.org.br

contato@institutoboimamao.org.br

 

O Engenho do Sertão é um espaço dedicado à preservação da memória cultura que é repassada por meio de narrativas, gastronomia, objetos, folclore e tradições do período em que portugueses de Açores imigraram para Bombinhas. A visitação é gratuita e oferece a típica “consertada” que consiste em uma cachaça com café e especiarias. As visitas guiadas podem ser individuais ou para grupos de até 15 pessoas e precisam ser agendadas previamente.

 Museu e Aquário Marinho

Rua Leopardo, 800 – José Amândio

(47) 9974-7791

www.facebook.com/MuseuMarinho

museumarinho@hotmail.com

 

É o primeiro museu particular da história de Santa Catarina e guarda aproximadamente 3 mil invertebrados marinhos, entre algas, estrelas, corais, conchas, esponjas, caranguejos, siris, lagostas, entre outros. Oferece atividades especiais para escolas e universidades. Está aberto à visitação durante todos os dias da semana, das 10h às 20h na alta temporada e das 10h às 18h na baixa. É necessário agendar com antecipação.

Museu Naval Casa do Homem do Mar

Av. Falcão, 2.200 – Bombas

(47) 3363-5786

www.chm.org.br

fale@chm.org.br

 

É considerado por especialistas como um dos mais completes museus navais da América do Sul. O local abriga o Instituto Soto Delatorre e que visa preservar a memória da relação estabelecida entre o homem e o mar, desde os tempos mais primórdios até os dias de hoje. Aberto à visitação das 14h às 21h na alta temporada e das 14h às 18h na baixa.

 

 

ARTESANATO

É natural que os visitantes queiram consigo lembranças da cidade, seja para si mesmo ou para presentear amigos e entes queridos. Pelas ruas de Bombinhas existem diversas lojas de artesanato que vendem souvenires, camisas, bolsas e muitos outros artigos que servem como recordação.

Outros estão em busca de artesanatos típicos da região, tradições herdadas dos imigrantes portugueses. São rendas bem trabalhadas e peças de cerâmicas que podem ser encontradas nos ateliês da cidade. É aconselhável entrar em contato antes da visita para verificar se estão em período de atendimento, pois no inverno, vários ateliês ficam fechados.

Ateliê Fusão

Avenida dos Coqueiros, 3620 – Mariscal

(47) 3393-3456

 

Ateliê Edmundo Campos

Rua José Neuli Cruz (Estrada Geral do Alto Perequê), 6 km – Alto Perequê

(47) 3369-5219

arteceramica@uol.com.br

 

Cipriana Luiza Pinheiro – Tapeçaria

Rua Pescada Cambucu, 939 – Centro

 

Cleuci Teodora Dos Santos – Bordado em retalhos

Rua Pescadinha, 342 – Centro

 

Dulce Nanci Freitas Victorero – Papel Machê e Frape

Rua Ilha Bela, 5 – Praia de Quatro Ilhas

(47) 3369-2203

 

Kanaloa Surf Shop Point

Avenida Leopoldo Zarling, 1.781 – Bombas

(47) 3393-6284

 

Bombinhas Tropical Shopping

Avenida Vereador Manoel José dos Santos, 850

 

Terra Índia

Avenida Vereador Manoel José dos Santos, 800, sala 01

(47) 3369-2149 / (47) 3369-3454

Artigos egípcios e indianos

 

 

VIDA NOTURNA

Bombinhas recebe muitos jovens turistas durante a alta temporada. As ruas, as praias e os bares ficam repletos de pessoas procurando por diversão. Já na baixa temporada algumas casas suspendem suas atividades, mas ainda assim é possível achar um bom programa para desfrutar com os amigos e a família.

 

Galé Beach Lounge

Av. dos Coqueiros, 3723 – Canto Grande

(47) 3393-4026

www.galebeach.com.br

 

Mentawai Bar

Rua Ametista, 138 – Mariscal

(47) 3393-4480

www.mentawailounge.com.br

 

ONDE FICAR

Campings

4 ilhas

Rua Atol das Rocas, s/ nº – Quatro Ilhas

(47) 3369 2124

www.4ilhascamping.com.br

nilo@henrixavier.adv.br

 

Atlantis

Endereço: Rua Água Marina, 855 – Mariscal

Telefone: (47) 3393 3010

E-mail: atlantis_camping@hotmaiil.com

 

Bombas Paddle

Rua Martim Pescador, 831 – Praia de Bombas

(47) 3369-1602

www.campingbombas.com.br

camping.paddle@hotmail.com

 

Paraíso Tropical (aceita motor home)

Endereço: Rua Landim, 168 – Canto Grande

Telefone: (47) 3393 3143

www.ptropical.com.br/

reservas@ptropical.com.br

 

Por do Sol

Av. Girasol, 1693 – Praia Morrinhos

(47) 9662 7491

www.campingpordosol.com

camping_pordosol_bombinhas@hotmail.com

 

Retiro Dos Padres

Endereço: Rua das Garoupas – Retiro dos Padres

Telefone: (47) 3369 2467

www.campingretirodospadres.com.br

camping@campingretirodospadres.com.br

 

Vila Do Surf

Endereço: Rua Tainha, 424 – Centro

Telefone: (47) 3369 2453

www.campingviladosurf.com.br/

viladosurf@brturbo.com.br

 

Hostels

Toca da Moréia

Rua Sardinha, 51 – Bairro Centro

(47) 3393-7470 / (47) 9934-2217

www.tocadamoreia.com.br

tocadamoreia@hotmail.com / tocadamoreia@yahoo.com.br

 

Mangue Branco

Rua Cão do Mato, 951 – José Amândio

(47) 3363-1792

www.hostelmanguebranco.blogspot.com.br

manguebranco@gmail.com

 

Pousadas

Albacora

Endereço: Rua da Tainha, 431 (próximo a praia 4 Ilhas) – Bombinhas

(47) 3369-2160 / (47) 9967-7733

www.residencialalbacora.com.br

albacora@residencialalbacora.com.br

 

Arvoredo

Endereço: R. Tilápia, 99 – Bombinhas

(47) 3369-2355 / (47) 8463.6625

www.pousadadoarvoredo.com.br

pousadadoarvoredo@terra.com.br

 

Atalaia do Mariscal

Avenida Água Marinha, 895 – Mariscal

(47) 3393-3011 / (47) 3393-3387

www.atalaiadomariscal.com.br

info@atalaiadomariscal.com.br

 

Canto das Pedras

Endereço: Rua Rio Pitatini, 297 – Zimbros

(47) 3393-3245 / (47) 3393-3280

www.pousadacantodaspedras.com.br

contato@pousadacantodaspedras.com.br

 

Cristalmar

Rua Canários, 457 – Bombas

(47) 3393-7594 / 99275741

www.pousadacristalmar.com.br

contato@pousadacristalmar.com.br

 

Pedra Salgada

Rua Aroeira da Praia, 2024 – Mariscal

(47) 3393-4072 / (47) 9136-6258 / (47) 9971-4003

www.pousadapedrasalgada.com.br

reservas@pousadapedrasalgada.com.br

 

Pousada do Francês

Rua Rio Jordão, 241 – Zimbros

(41) 9968-8759 TIM / (47) 9662-7491 / (47) 9244-9769 / (47) 3393-3855

www.pousadafrances.com.br

 

Pousada dos Ingleses

Rua Rio Piratini, 50 – Zimbros

(47) 3393-3283 / (41) 7817-6134 / (47) 9166-9434

www.pousadadosingleses.com.br

pousadadosingleses@gmail.com

 

Refúgio das Galés

Rua Aroeira da Praia, 2001 – Mariscal

(47) 3393-4758

www.refugiodasgales.com.br

contato@refugiodasgales.com.br

 

Vila do Bosque

Rua Merluza, 430 – Centro

(47) 3393-7281 / (47) 3369-0024

www.viladobosque.com.br

reserva@viladobosque.com.br

 

Vila do Navegante

Rua da Tilápia, 97 – Praia de Bombinhas

(47) 3393-6182 / (47) 9905-0129 / (47) 8430-7480

(ARG): +54 221 15 525-0927

www.viladonavegante.com.br

informes@viladonavegante.com.br

 

Hotéis

Bombinhas Summer Beach Hotel & Spa Bombinhas

Rua Albatroz, 270 – Bombas

(47) 3393-7588 Reservas / (47) 3393-6346 Recepção

www.bombinhassummerbeach.com.br

 

Bombinhas Tourist ApartHotel

Rua Cherne, 880 – Bombinhas

(47) 3369-2141

www.bombinhastourist.com.br

reservas@bombinhastourist.com.br

 

Marlin Hotel

Av. Leopoldo Zarling, 1612 – Bombas

(47) 3366-2244

www.marlinhotel.com.br

reservas@marlinhotel.com.br

 

 

ONDE COMER

A gastronomia de Bombinhas foi fortemente influenciada pela culinária dos colonizadores açorianos, na qual frutos do mar estão sempre presentes. Não dava para ser diferente, visto que diversas espécies de mariscos vivem nas águas da cidade e a pesca é uma das atividades principais.  Existem muitos restaurantes onde se pode saborear deliciosos peixes ou suculentos camarões, siris, lagostas, lulas e mais diversos frutos do mar fresquinhos.

Outros restaurantes são especializados em comida italiana, oferecendo massas e pizzas extremamente saborosas. E para quem prefere as carnes, existem muitas opções de pratos apetitosos servidos em rodízio ou a la carte. Se gosta de provar coisas novas, vá até a avenida Vereador Manoel José dos Santos, onde há grande concentração de bares e restaurantes dos mais variados tipos.

Absoluto Bistrô

Rua Tucunaré, 12 – Bombinhas

(47) 9977-0471

 

Âncora

Rua Cajueiro, 2746 – Mariscal

(47) 3393-3637

 

Armazém do Pescador

Rua Figueira, 331 – Canto Grande

(47) 3393-3468

 

Berro d’Água

Rua Rio Juquiá, 578 – Zimbros

(47) 3393-3666

 

Bombordo

Rua Tié Sangue, 62 – Bombas

(47) 3264-0113

 

Boreste

Av. Girassol, 1668 – Morrinhos

(47) 3393-4723

 

Buraco na Proa

Av. João da Cruz, 313 – Canto Grande

(47) 3393-4723

 

Camarão, Peixe & cia

Av. dos Coqueiros, 2973 – Mariscal

(47) 3393-4644

 

Cantina Bom-Bom

Av. Vereador Manoel dos Santos, 1484 – Bombinhas

(47) 33690421

 

Casa da Lagosta

Av. Leopoldo Zarling, 2369 – Bombas

(47) 3264-9759

 

Casa d’Praia

Rua Tié Sangue, 23 – Bombas

(47) 3369-1121

 

D’Italian

Av. Aroeira da Praia, 2506 – Mariscal

(47) 3393-3398

 

Ganesh

Rua Salema, 231 – Bombinhas

(47) 3369-0018

 

La Olas

Rua Arquipélago de Abrolhos, s/n – Quatro Ilhas

(47) 3363-0730

 

Manno’s Pizzaria

Av. Maracujá, s/n – Zimbros

(47) 3393-4661

 

Maré Alta

Av. Vereador Manoel José dos Santos, 1396 – Bombinhas

(47) 3369-0202

 

Margarete

Rua Parati, 53 – Bombinhas

(47) 3369-2305

 

Meiji

Av. Vereador Manoel José dos Santos, 765 – Bombinhas

(47) 3369-0041

 

Mestre das Águas

Av. Vereador Manoel José dos Santos, 1555 – Bombinhas

(47) 3264-1574

 

Moenda Calamares

Av. Vereador Manoel José dos Santos, 351 – Bombinhas

(47) 3363-4068

 

Nico’s

Av. Vereador Manoel José dos Santos, 702 – Bombinhas

(47) 3369-2493

 

Peixe na Brasa

Av Vereador Manoel José dos Santos, 1599 – Bombinhas

(47) 3369-2147

 

Vila Brazzille Cervejaria e Lounge

Av. Leopoldo Zarling, 1199 – Praia de Bombas, Bombinhas – SC

(47) 3361.5182 / (47) 9926.1296

 

Tatuíra Petisqueira

Av. João José da Cruz, 1700 – Canto Grande

(47) 3393-4004

 

Tomatino

Av. Vereador Manoel Dos Santos, 929 Bombinhas

(47) 3369-0421

 

UTILIDADES

BANCOS

Banco 24 Horas (ATM)

Av. Leopoldo Zarling, 1200 – Bombas

Supermercado Schmidt

 

Agência do BANCO DO BRASIL

Rua Baleia Jubarte, 304 – José Amândio

Anexo à Prefeitura Municipal

(47) 3369-2100

 

ITAÚ

Avenida Leopoldo Zarling, 2083 – Bombas

(47) 3369-0430

 

Caixa ITAÚ

– Av. Manoel José dos Santos, 800

– Rua Baleia Jubarte, 328 – José Amândio

(Não aceitam depósito)

 

BRADESCO

Av. Falcão, 1001 – Bombas

Atendimento do banco postal na agência do correio

(47) 3369-2421

 

Caixa BRADESCO Dia & Noite

– Av. Leopoldo Zarling, 230 – Bombas

– Av. Vereador Jose Manoel Dos Santos, 122 (Supermercado Schmidt)- Bombinhas

 

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

Av. Falcão, 625 – Bombas

Agência lotérica

(47) 3369-2681

 

HSBC

Caixa com rede compartilhada, sem depósito

Avenida Leopoldo Zarling, 122 – Bombas

Supermercado Schmidt

 

BANCO BANRISUL

Av. Leopoldo Zarling, s/n – Bombinhas

Caixa eletrônico no Posto Estrela do Mar

 

TELEFONES ÚTEIS

Emergência

Bombeiros: 193

Polícia Civil / Delegacia

Av. Fragata, s/nº – Bombas

(47) 3369 1336

www.policiacivil.sc.gov.br

 

Polícia Militar

Entrada do Município – Bombas

(47) 3369 3009 / 190

www.pm.sc.gov.br

 

Polícia Rod. Federal

191

 

Delegacia da Mulher

1380

 

Bombeiros

Av. Fragata (esquina Rua Pardal), s/n – Bombas

(47) 3369 1350 / 193

 

Saúde

Policlínica / Posto de Saúde de Bombas

Av. Falcão, 799 – Bombas

(47) 3369-1517 / (47) 3369-0084

Clínica Santa Catarina

Av. Leopoldo Zarling, 2045 – Bombas

(47) 3369-1601

 

Posto de Saúde Centro

Rua Salmão, 198 – Centro

(47) 3369-0225

 

Posto de Saúde Canto Grande

Rua Magnólia, 370 – Canto Grande

(47) 3393-3752

 

Posto de Saúde Zimbros

Rua Rio Mamoré, 548 – Zimbros

(47) 3393-3290

 

Serviços Públicos

Procon

Av. Baleia Jubarte, 328 – 2° andar – Bombas

(47) 3393 9508

 

Correios

Av. Falcão, 1001 – Bombas

(47) 3369 2421

 

Prefeitura

Rua Baleia Jubarte, 328 – José Amândio

(47) 3393-9500

Horário de atendimento: segunda à sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30

Casan (água)

(47) 3369-2297

Celesc (eletricidade)

(47) 3369-2520 / 3369-2519

 

Transporte

Ponto de Taxi

Av. Leopoldo Zarling – Bombas

(47) 9973-0066 / 9993-3509 / 9983-9517 / 9902-0663 / 9973-4591

Rodoviária de Bombinhas

  1. Vereador Manoel José dos Santos, 1722 – Praia de Bombinhas

(47) 3369-2529

Posto de venda de passagens de Bombinhas

Rua Castanheta – Centro s/n

(47) 3369-2529

Agência Moraes

Rodoviária Florianópolis

(48) 3212-3100 / 3212-3212

Aeroporto Florianópolis

(48) 3331-4000

Aeroporto Navegantes

Praça Marechal do Ar Eduardes Gomes, s/n – Navegantes, SC

(47) 3342 9200

 

Atendimento ao Turista

Posto de Informações Turísticas

Av. Leopoldo Zarling, 2072 – Bombas

(47) 3393 7320 / 3366 4457

 

Você conferiu o artigo Mini-Guia de viagem de Bombinhas. Se você gostou das dicas, compartilhe no seu Facebook, ou tuíte, e convide os amigos para conhecer esse destino lindo!

Compartilhe no FacebookCompartilhe no Twitter

 

 
Por LitoraldeSantaCatarina.com | Texto: Thaisy Sluszz | Fotos: Ricardo Junior

Todos os Direitos Reservados com base na Lei 9610 de Direito Autoral. Caso tenha o interesse em alguma foto do nosso banco de imagem, não copie! Informe-nos sobre o seu interesse enviando um e-mail para ricardo@litoraldesantacatarina.com e quem sabe podemos disponibilizar para você. 

Categorizado como Dicas de Passeios

Enviado em 07 de outubro de 2015

Comente pelo Facebook

Não encontrou o que procurava? Pesquise:

LitoraldeSantaCatarina.com, o seu guia de turismo por todo o litoral e arredores! Encontre tudo sobre as cidades, praias e pontos turísticos de Santa Catarina com páginas repletas de informações, fotos, passeios virtuais 360°, mapas e a previsão do tempo para todas as localizações. Trazemos ainda para você uma ampla lista com agências de viagem, imóveis, imobiliárias, hotéis, pousadas, bares, restaurantes, baladas, utilidades. Encontre também lindas fotos e diversas dicas do viajante Ricardo Junior. Tudo que você precisa para escolher o seu próximo destino em Santa Catarina está aqui!

Pesquisar

Posts mais recentes

Cadastre-se

Receba dicas exclusivas
de passeios pelo Brasil
no seu email.
Seta Cadastre-se

Acompanhe via RSS Acompanhe via RSS

Gostou dessa página?

Então clique no +1 abaixo, e compartilhe:

Já fez a sua reserva?

Encontre as melhores ofertas de hotéis!

Curta no Facebook
Guia Viagens Brasil

Receba dicas exclusivas de passeios pelo Brasil no seu email.